Portugal bate recorde com 141.500 vacinas num só dia

  • ECO
  • 6 Julho 2021

Nas últimas 24 horas foram administradas em Portugal 141.500 vacinas. Objetivo foi alcançado através de "um esforço adicional" dos profissionais de saúde, diz a task force.

Portugal atingiu um novo recorde de vacinas administradas num só dia. Foram, de acordo com informação avançada pela task force à TVI 24, 141.500 as vacinas dadas na segunda-feira, 5 de julho, superando a meta que tinha sido anunciada durante o fim de semana.

De acordo com a task force, este objetivo foi alcançado através de “um esforço adicional” dos profissionais de saúde, sendo que o acelerar do processo de vacinação tem estado a levar a longas filas nos centros de vacinação.

Face ao aumento do número de infetados nas últimas semanas, o vice-almirante Gouveia e Melo já tinha avançado no sábado, que Portugal iria acelerar o ritmo de vacinação, prevendo que seja possível vacinar cerca de 850 mil utentes por semana, nesta duas semanas, antecipando tempos de espera mais longos.

Até ao momento, o número de primeiras doses administradas ascende a 5,203 milhões, sendo que 3,568 milhões de pessoas já terminaram o esquema vacinal. Em todo o território nacional, já foram administradas mais de nove milhões de vacinas. Portugal conta já com um total de 9.138.620 de inoculações.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal bate recorde com 141.500 vacinas num só dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião