Fundo do BPI paga mais de 40 milhões por edifício da Makro em Alfragide

Makro Portugal, em conjunto com a Metro Properties, vendeu o edifício onde está instalada, em Alfragide, ao fundo Imofomento, detido pelo BPI.

O BPI, através do fundo Imofomento, acaba de comprar o edifício da Makro em Alfragide, numa operação que ficou fechada por mais de 40 milhões de euros. A retalhista vai continuar no edifício como arrendatária, num processo chamado de sale&leaseback.

Em conjunto com a Metro Properties, a Makro Portugal vendeu o edifício de 25.400 metros quadrados onde se encontra ao fundo Imofomento, gerido pelo BPI Gestão de Ativos. Da área total do imóvel, 21.000 metros quadrados são de loja e 4.400 metros quadrados são escritórios.

Esta operação, fechada por mais de 40 milhões de euros, foi realizada em regime de sale&leaseback, ou seja, a Makro vendeu, mas vai continuar no edifício como arrendatária, “garantindo a sua operação naquela localização a longo prazo”.

Como refere David Antunes, CEO da Makro Portugal, “esta transação comprova o excelente resultado” que a empresa “tem conseguido ao longo dos últimos anos, em especial durante o período pandémico”.

Do lado da JLL, que assessorou a operação, Fernando Ferreira, Head of Capital Markets, descreve o processo como “muito competitivo, tendo o ativo gerado bastante interesse entre os investidores”. Foi uma “oportunidade de investimento muito atrativa”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundo do BPI paga mais de 40 milhões por edifício da Makro em Alfragide

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião