149 mil obtiveram nacionalidade portuguesa em 2020, um recorde

  • ECO
  • 28 Julho 2021

Um número recorde de cidadãos estrangeiros conseguiram obter nacionalidade portuguesa no ano passado: 149.157. Em 2021, até abril, já tinham merecido decisão favorável 56.550 processos.

Mais de 149 mil pessoas conseguiram nacionalidade portuguesa no ano passado, mais 2% do que em 2019 e um número recorde. Além disso, até abril de 2021, 56.550 imigrantes obtiveram nacionalidade portuguesa, segundo os dados do Ministério da Justiça avançados ao Diário de Notícias.

Estes números são explicados pela intensificação dos fluxos migratórios, sobretudo de naturais do Brasil e, depois, de Israel, Cabo Verde, Angola e Giné-Bissau.

Mas o aumento é também, segundo o DN, explicado por uma alteração à lei que permite a um cidadão estrangeiro ter a nacionalidade por naturalização ao fim de cinco anos consecutivos de residência legal em Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

149 mil obtiveram nacionalidade portuguesa em 2020, um recorde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião