Receitas do futebol europeu caem com as restrições da pandemia

  • Joana Abrantes Gomes
  • 29 Julho 2021

As receitas caíram em 13% (3,7 mil milhões de euros), passando para 2 mil milhões de euros, uma vez que houve jogos adiados ou cancelados devido às medidas restritivas aplicadas.

O mercado do futebol europeu ressentiu-se com a pandemia. Com a Covid-19 a perturbar algumas das maiores ligas do Velho Continente, as receitas encolheram, revela a Bloomberg (acesso pago).

De acordo com um relatório da Deloitte, as receitas caíram em 13% (3,7 mil milhões de euros), passando para 25,2 mil milhões de euros, uma vez que houve jogos adiados ou cancelados devido às medidas restritivas aplicadas no decorrer da pandemia. As cinco principais ligas de futebol da Europa (Inglaterra, Itália, Espanha, Alemanha e França) viram as receitas diminuirem em 11% esta época.

“Estamos agora a começar a ver a escala do impacto financeiro que a pandemia teve nos clubes europeus”, disse Dan Jones, sócio e chefe do Sports Business Group da Deloitte, num comunicado. “Vão passar vários anos até que seja conhecido o impacto financeiro total da pandemia de Covid-19 no futebol europeu“, acrescentou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Receitas do futebol europeu caem com as restrições da pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião