Empresas incubadas na Universidade do Porto “deram” quase 300 milhões ao PIB nacional

As empresas do UPTEC registaram, em 2019, um impacto económico de 284 milhões de euros no Produto Interno Bruto (PIB) e foram responsáveis pela criação de 6.464 postos de trabalho.

As empresas do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) foram responsáveis, em 2019, por um impacto económico positivo de 284 milhões de euros no Produto Interno Bruto (PIB) e pela criação de 6.464 postos de trabalho, segundo um estudo da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP).

Os quase 300 milhões de euros foram alcançados pelo trabalho das 176 empresas em análise — 119 instaladas na UPTEC e 57 graduadas –, que geraram um volume de negócios na casa dos 135 milhões de euros. Desses, 74 milhões de euros vieram do campo das exportações, setor que tem um peso de 55% no volume total de negócios, avança o Portal de Notícias da Universidade do Porto.

“A UPTEC destaca-se como um importante agente de inovação, de empreendedorismo e de emprego qualificado na região Norte de Portugal e como interface entre o meio universitário e o meio empresarial”, sublinha o estudo, que estimou os efeitos diretos, indiretos e induzidos gerados sobre a economia ao nível do PIB, do emprego, das remunerações e das receitas fiscais, explica a incubadora.

Quanto a remunerações, os mais de 6.400 postos de trabalho auferiram de 253 milhões de euros em remunerações, contribuindo com 49 milhões de euros em receitas fiscais para o Estado.

Criada em 2007, a UPTEC já apoiou mais de 630 projetos e graduou 86 empresas, entre elas a Wisecrop, Coverflex, knok, Didimo, AddVolt, Everythink, Blip, entre outras.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Empresas incubadas na Universidade do Porto “deram” quase 300 milhões ao PIB nacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião