Campanha de Moedas prevê gastar 300 mil euros, Medina chega aos 236 mil

  • ECO
  • 11 Agosto 2021

Apesar de não ficar à frente nas despesas com as campanhas nas maiores cidades, no total para estas eleições, é o PS que estima gastar mais: 10,2 milhões de euros.

A coligação entre PSD, CDS, PPM, MPT e Aliança para Lisboa é a que prevê despesas e receitas mais elevadas com a campanha, de acordo com os orçamentos entregues pelos partidos à Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) para as próximas autárquicas e citados pela TSF e Público. Estão orçamentados 300 mil euros de despesa com a campanha.

Já a campanha de Fernando Medina, atual presidente da autarquia, estima receitas e gastos de 236.500 euros. Nos orçamentos para a campanha na capital lisboeta segue-se a CDU (100 mil euros), o BE (59.642 euros) e a Iniciativa Liberal (41 mil euros). Já o PAN prevê gastar 33 mil euros e o Chega de 16 mil.

No Porto, a campanha do PSD também, tendo como cabeça de lista Vladimiro Feliz, também se destaca, ao orçamentar 200 mil euros. No entanto, não está ainda disponível o orçamento da campanha do independente Rui Moreira (nem de outro grupo de cidadãos). O PS planeia gastar com a campanha para a candidatura de Tiago Barbosa Ribeiro 167 mil euros.

Quanto às campanhas dos outros partidos para as eleições autárquicas na Invicta, a da CDU planeia uma despesa de 57 mil euros, a do BE 48 mil, a do Chega 16 mil e a do PAN 14.500 euros.

Apesar de não ficar à frente nas despesas com as campanhas nas maiores cidades, no total para estas eleições, é o PS que estima gastar mais: 10,2 milhões de euros. Já o PSD tem orçamentados 9,2 milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Campanha de Moedas prevê gastar 300 mil euros, Medina chega aos 236 mil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião