Salários da Dielmar garantidos enquanto decorrer processo de venda

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Têxtil da Beira Baixa garantiu que os salários dos trabalhadores estão salvaguardados enquanto decorrer o processo de venda da empresa.

Os salários dos 280 colaboradores da Dielmar estão “garantidos” até o processo de venda da empresa de vestuário ficar concluído. Uma decisão que deixa os trabalhadores mais “tranquilos” e com alguma “esperança” em relação ao futuro, adianta ao ECO a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Têxtil da Beira Baixa, Marisa Tavares.

“Os trabalhadores estão mais calmos. Têm informação que neste momento têm os postos de trabalho salvaguardados e no decorrer deste processo de venda vão ter o vencimento disponível. Essa decisão deixa os trabalhadores mais tranquilos, embora preocupados com o futuro porque tudo depende do processo de venda”, explicou a dirigente do Sindicato no final do plenário com os trabalhadores.

Apesar dos vencimentos e do vínculo laboral estar garantido, ainda não será no dia 18 de agosto que os trabalhadores regressam à Dielmar, confirma Marisa Tavares. “No dia 18 de agosto temos a indicação para os trabalhadores não se apresentarem ao trabalho”, destaca a Marisa Tavares.

A esperança é que o processo de venda seja “resolvido o mais rápido possível” de forma a “viabilizar o futuro dos trabalhadores”. Marisa Tavares garante que o Governo, o gestor de insolvência e os trabalhadores estão a “trabalhar em conjunto para encontrar uma solução que permita agilizar todo o processo”.

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, mostrou intenção de arranjar soluções para garantir o pagamento dos salários dos colaboradores durante os próximos meses e a acelerar o processo de venda da empresa de vestuário. A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Têxtil da Beira Baixa disse que esta demonstração por parte do Governo “deixou os trabalhadores com alguma esperança”.

Na próxima sexta-feira o Sindicato dos Trabalhadores do Setor Têxtil da Beira Baixa vai volta a reunir com os trabalhadores da Dielmar. “Vamos manter o contacto regular com os trabalhadores e acompanhar de perto este processo”, garante a presidente do Sindicato Têxtil da Beira Baixa.

A assembleia de credores está marcada para 26 de outubro. O anúncio da sentença de declaração de insolvência foi publicado dia 3 de agosto e qualquer credor tem 30 dias para reclamar os créditos.

(Notícia atualizada às 17h55 com mais informações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Salários da Dielmar garantidos enquanto decorrer processo de venda

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião