Tarifa social da internet vai custar 6,15 euros por mês

  • ECO
  • 16 Agosto 2021

A Anacom aponta para cinco euros, mais IVA, o valor da tarifa social da internet. A consulta pública decorre até 10 de setembro.

A tarifa social da internet deve mesmo avançar com um valor de cinco euros mais IVA, ou seja, 6,15 euros. A proposta foi aprovada pela Anacom no final da semana passada e está, agora, em consulta pública até 10 de setembro, avança o Jornal de Negócios (link indisponível).

A tarifa social será uma oferta mais acessível que o Governo criou para tentar universalizar o acesso à internet. A Anacom acredita que esse valor, 5,00 euros ou 6,15 euros com IVA a 23%, “permite ir ao encontro do objetivo de garantir a acessibilidade do preço para os consumidores com baixos rendimentos ou com necessidades sociais especiais para o serviço de acesso à internet em banda larga”.

Além da mensalidade, o regulador das comunicações admite uma cobrança de 21,45 euros no máximo (mais IVA, num total de 26,38 euros) para a ativação dos serviços, e/ou de equipamentos de acesso, nomeadamente routers. Diluindo por um ano este valor dos equipamentos, a tarifa mensal fica em 6,79 euros (8,35 euros com IVA) e por dois anos fica em 5,89 euros por mês (ou 7,25 euros com IVA).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tarifa social da internet vai custar 6,15 euros por mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião