Indico colidera ronda de 2,2 milhões para lançar plataforma de NFTs de luxo

A Exclusible quer ser a plataforma de referência para o luxo digital, à semelhança de marketplaces de luxo como a Farfetch, atraindo entusiastas de NFTs e consumidores de luxo tradicionais.

A Indico Capital Partners, a White Star Capital e a Tioga Capital colideraram uma ronda de financiamento seed de 2,2 milhões de euros para o lançamento da Exclusible, plataforma de ativos digitais, que vai permitir às marcas de luxo publicar e vender NFTs (tokens não fungíveis) exclusivos e personalizáveis. O campeão de Fórmula E, António Félix da Costa, e o piloto Mitch Evans, através da APEX Capital, também participaram nesta ronda de financiamento.

A Exclusible ambiciona tornar-se a plataforma de referência para o luxo digital, à semelhança de marketplaces de luxo como a Farfetch ou Net-a-porter, atraindo entusiastas de NFTs e consumidores de luxo tradicionais, permitindo que transacionem em criptomoeda ou outros meios de pagamento tradicionais, como cartões de crédito.

Temos a convicção de que irá acontecer uma migração progressiva da nossa vida social e digital para metaversos (universos virtuais), e que as marcas tradicionais vão querer estar presentes neste espaço. Isto será decisivo para a indústria de luxo, dada a importância do valor das suas marcas e a necessidade de estarem presentes onde estão os consumidores”, disse Thibault Launay, cofundador, CEO da empresa fundada em Portugal e um experiente colecionador de NFTs global, baseado em Cascais, citado em nota de imprensa.

Temos a missão de ajudar as marcas a transitar para o metaverso, ao mesmo tempo que oferecemos aos colecionadores um mercado de referência para comprar, trocar e exibir NFTs emitidos pelas marcas de luxo”, disse ainda Romain Girbal, co-fundador, na mesma nota.

Os NFTs (tokens não fungíveis) são um meio de registo na blockchain que certifica que um ativo digital é único, podendo ser usados para certificar a autenticidade de ativos digitais como fotos, vídeos ou áudio, e, posteriormente, exibidos na galeria digital do comprador (incluindo em plataformas de realidade virtual ou aumentada), partilhado nas redes sociais ou vendido no mercado secundário.

Os NFTs têm registado uma forte procura, com “vendas superiores a 1,2 mil milhões de dólares em julho — o equivalente a quase metade do volume de vendas observado durante o primeiro semestre de 2021”, informa nota de imprensa.

“Estamos muito satisfeitos por estar a contribuir desde o início para a visão inicial da Exclusible e de apoiar a sua missão de se tornar no mercado global de NFTs de luxo de referência. As marcas de luxo contêm ativos digitais de grande valor onde a exclusividade da propriedade é altamente valorizada pelos consumidores dessas marcas. A Exclusible junta de forma natural esses ativos com fãs e colecionadores”, justifica Stephan Morais, presidente da Indico Capital Partners, citado em nota de imprensa.

Plataforma premium para ativos digitais colecionáveis no setor de luxo, com a Exclusible, “os colecionadores podem obter acesso a NFTs de edição limitada, bem como experiências emitidas pelas marcas de luxo mais desejadas do mundo” em quatro verticais (supercarros, relógios, moda e joalharia).

Os utilizadores serão “incentivados a partilhar os seus NFTs e a construir uma comunidade interativa com elementos sociais e de gamificação em torno das marcas”. A plataforma já tem “cartas de intenção assinadas com designers globais de referência e está em negociações com diversas marcas de luxo em todo o mundo.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Indico colidera ronda de 2,2 milhões para lançar plataforma de NFTs de luxo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião