TAP tem até fim do ano para pagar empréstimo de 1,2 mil milhões ao Estado

Prazo de reembolso do empréstimo que foi concedido à TAP ao abrigo do Contrato de Financiamento termina a 31 de dezembro de 2021 e não a 1 de setembro de 2021 como inicialmente previsto.

A TAP ganhou alguns meses para reembolsar o empréstimo de 1,2 mil milhões de euros concedido pelo Estado português. Em vez de 1 de setembro, a companhia aérea viu prorrogado o prazo até ao final do ano.

De acordo com o comunicado enviado à CMVM, o empréstimo, concedido ao abrigo do contrato de financiamento celebrado a 17 de julho de 2020, no montante de 1,2 mil milhões de euros, viu a “data de reembolso ser objeto de prorrogação“.

“O prazo de reembolso do empréstimo que foi concedido à TAP ao abrigo do Contrato de Financiamento termina a 31 de dezembro de 2021 (e não a 1 de setembro de 2021 como inicialmente previsto no Contrato de Financiamento) em caso de não adoção de decisão final pela Comissão Europeia sobre o auxílio à reestruturação até aquela data”, diz.

“Caso seja adotada decisão final favorável pela Comissão Europeia sobre o auxílio à reestruturação até 31 de dezembro de 2021, mantém-se como data de reembolso do mencionado empréstimo aquela que vier a ser fixada no plano de reestruturação do Grupo TAP aprovado pela Comissão Europeia”, remata a companhia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

TAP tem até fim do ano para pagar empréstimo de 1,2 mil milhões ao Estado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião