“Lição” à Galp passa por defender os trabalhadores, diz Costa

  • ECO
  • 22 Setembro 2021

António Costa diz que "lição" passa por utilizar Fundo de Transição Justa e aplicar a legislação para "proteção dos trabalhadores e do futuro do território".

Num artigo publicado no Público (acesso condicionado) esta quarta-feira, o primeiro-ministro vem esclarecer as polémicas declarações que fez sobre a Galp Energia, em que disse ser necessário dar uma “lição” à empresa dado a forma como lidou com o encerramento da refinaria em Matosinhos. Colocando água na fervura, o líder do PS diz que não irá além da utilização do fundo da União Europeia que ajuda as regiões e os trabalhadores na situação de transição climática.

A pretendida ‘lição’ não é mais do que a utilização do Fundo de Transição Justa e a aplicação da legislação para proteção dos trabalhadores e do futuro do território“, escreve António Costa no artigo, assinalando que espera que “esta contextualização clarifique que não há contradição com o que disse anteriormente”. No texto, o primeiro-ministro recorda partes do seu discurso na Cimeira Social e na ação de campanha em Matosinhos.

Na Cimeira Social do porto, António Costa deu Matosinhos como exemplo por contribuir para o esforço de redução das emissões de CO2. “Mas também é verdade que o fecho da refinaria elimina os postos de trabalho de centenas de trabalhadores, os da própria refinaria e de outras atividades a ela ligadas, que serão obrigados a mudar de emprego, ou a requalificarem-se para as novas atividades que aí virão a desenvolver-se“, afirmou, assinalando que “o que agora disse é totalmente coerente com estes princípios e a reação consequente perante a situação criada pela Galp”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Lição” à Galp passa por defender os trabalhadores, diz Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião