Marta Temido é a preferida para suceder a Costa na liderança do PS

  • ECO
  • 27 Setembro 2021

A atual ministra da Saúde fica à frente de Fernando Medina e Pedro Nuno Santos no barómetro de setembro da Intercampus, aumentando a vantagem junto dos inquiridos que tencionam votar no PS.

Marta Temido é a preferida para suceder a António Costa na liderança do PS, superando mesmo Fernando Medina e Pedro Nuno Santos, segundo o barómetro de setembro da Intercampus para o Jornal de Negócios, a CMTV e o Correio da Manhã.

A atual ministra da Saúde apresenta, neste barómetro, um resultado de 25,9%, ficando à frente de Fernando Medina e Pedro Nuno Santos. Esta vantagem é ainda maior ao analisar as respostas daqueles que tencionam votar no Partido Socialista: Temido regista 33,5%, seguindo-se Pedro Nuno Santos com 24,6% e Fernando Medina com 20,1%.

Mariana Vieira da Silva e Ana Catarina Mendes, também referenciadas como possíveis sucessoras do atual secretário-geral do PS, ficaram-se, ambas, pelos 8,9%, considerando o universo dos inquiridos que assumem votar PS.

Marta Temido é filiada socialista desde 28 de agosto deste ano, no decurso do congresso do PS realizado em Portimão. Na altura, a ministra da Saúde recebeu o seu cartão de militante das mãos do secretário-geral do PS, António Costa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marta Temido é a preferida para suceder a Costa na liderança do PS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião