Costa afasta impacto das autárquicas nas negociações. Quer “bom OE para 2022”

O primeiro-ministro diz que o foco do Governo está em "executar OE e o PRR", não em "discussões políticas".

O PS venceu as autárquicas, apesar de ter perdido autarquias de relevo, como Lisboa. À esquerda, os resultados foram negativos, mas António Costa afasta qualquer impacto do resultado eleitoral nas negociações para o Orçamento do Estado. Quer um “bom OE para 2022”, que acrescente aos milhões da “bazuca” da União Europeia.

Questionado sobre se o resultado das autárquicas precipitaria uma remodelação, Costa garantiu, em declarações transmitidas pelas televisões, que “não está nenhuma remodelação prevista”. E ironizou: “a única que está prevista é a dos autarcas, uns porque não podiam candidatar-se, outros porque os eleitores escolheram outros autarcas”.

Já quanto ao impacto deste sufrágio nas negociações sobre o OE, Costa lembrou que “nenhum dos parceiros estabeleceu qualquer relação entre autárquicas e o OE”. Lembrou que o secretário-geral do PCP afastou essa relação e o PS também. E lembrou que o “objetivo é ter um bom OE para 2022”, que traga políticas para a melhoria do rendimento das famílias, o crescimento da economia, e que permita aproveitar as oportunidades do PRR.

Diz que o foco está em “executar OE e o PRR”, não em “discussões políticas”. E recordando as palavras de Marcelo Rebelo de Sousa, Costa lembrou que “recuperar não é só repor. É ir mais além, como disse o Presidente da República”. “O que temos de nos impor a nos próprios é fazer mais e melhor com os fundos europeus”, atirou.

Costa voltou, depois, a lembrar Marcelo, afastando qualquer crise política. “O desejo do Presidente da República é partilhado por mim e pelos portugueses”, referindo-se a crises políticas. “Quem é que deseja crises quando pais está a sair da maior crise económica de sempre? E de uma crise sanitária como a da Covid-19?”, questionou.

O que é preciso fazer é “trabalhar para entregar um bom OE no dia 11 [de outubro] e que a 26 de novembro seja aprovado o OE 2022 para acrescentar aos recursos da UE”, rematou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Costa afasta impacto das autárquicas nas negociações. Quer “bom OE para 2022”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião