CTT querem “aumentar quota de mercado em Espanha para nível alto”

  • Lusa
  • 1 Outubro 2021

Os correios portugueses querem tornar-se “a empresa de referência para os envios ibéricos” e ambicionam aumentar para “um nível alto” a quota de mercado da operação em Espanha.

Os CTT apontam como objetivo “aumentar a sua quota de mercado em Espanha para um nível alto, de um só dígito (high single digit)” e “aumentar a margem EBIT para um nível médio a alto, de um só dígito (mid-to-high single digit)”.

As metas dos CTT no mercado espanhol passam por “crescer no mercado B2C (Business to Consumer) através de uma rede de distribuição mais eficiente, baseada em operação própria”, assim como por “capturar quota de mercado no B2B (Business to Business), superando os concorrentes através de um modelo de negócio mais competitivo, nomeadamente na sua relação com as franquias”.

Num comunicado enviado esta madrugada à CMVM, na sequência da reunião de quinta-feira com analistas e investidores em Madrid sobre a operação de Expresso e Encomendas no mercado espanhol, assume ainda a ambição de se tornar “a empresa de referência para os envios ibéricos”.

Ao nível da rentabilidade, os objetivos dos CTT são “ganhar escala para permitir a diluição dos custos de estrutura e melhorar a alavancagem operacional, melhorar a dinâmica de preços e implementar um conjunto de projetos ibéricos para aumentar a produtividade”.

“Os CTT vão continuar com o desenvolvimento da sua operação de Expresso e Encomendas em Espanha, promovendo a diversificação da base de clientes para pequenas contas B2B mais rentáveis e reduzindo os custos operacionais, por forma a melhorar a rentabilidade e, em simultâneo, continuar a ganhar quota de mercado junto dos clientes B2C”, sustenta a empresa portuguesa.

Segundo salienta a empresa neste comunicado à CMVM, “para os CTT, uma presença ibérica através de uma plataforma líder é fundamental para promover a competitividade da sua oferta, quer em Portugal, quer em Espanha”.

“Ser o líder de mercado e ter a rede Expresso e Encomendas mais capilar em Portugal permite aos CTT Express em Espanha ser o operador mais preparado para gerir fluxos ibéricos, o que, por sua vez, permite consolidar ainda mais a posição de liderança dos CTT em Portugal”, afirma.

Na reunião de quinta-feira com analistas e investidores, os CTT referiram ainda as várias medidas implementadas desde 2019 na sua operação em Espanha, nomeadamente a constituição de uma nova equipa de gestão, o rebranding da marca naquele país e a alteração de um modelo operacional suportado numa rede de franquias para um modelo operacional próprio.

Foram ainda mencionados “o investimento feito em automação e software com vista ao aumento da capacidade disponível e a melhoria da qualidade de serviço e captura de grandes e-tailers (retalhistas online), permitindo ganhos de escala”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CTT querem “aumentar quota de mercado em Espanha para nível alto”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião