CTT e vinhos do Alentejo premiados nos IRGAwards

Correios ganham o Transformation Award com projeto para o comércio local. Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, da CVRA, venceu o Sustainability Initiative Award.

João Bento, CEO dos CTT.Hugo Amaral/ECO

CTT e Comissão Vitivinícola Regional Alentejana venceram os prémios de transformação e sustentabilidade dos Investor Relations and Governance Awards (IRGAwards), uma iniciativa da Deloitte, que decorreu esta noite no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

O projeto “Apoio à Digitalização do Comércio Local em Portugal”, dos CTT, arrebatou o Transformation Award, que disputava com a Muticare Vitality da Fielidade e a“Covid-19 Drive-thru Network” da Unilabs. Através desta iniciativa os Correios criaram um marketplace digital de enfoque local, que permite aos pequenos comerciantes, que tradicionalmente têm apenas presença no físico, terem uma loja online, através de uma aplicação digital simples e intuitiva, fornecida através dos municípios em que estão sediados. Uma solução que possibilitou a pequenos negócios adotarem o e-commerce durante a pandemia e o confinamento.

“É difícil encontrar um prémio que ilustrasse melhor o processo de transformação que atravessamos”, começou por sublinhar o CEO dos CTT. “Desde logo porque o digital é o que mais se opõe ao postal. Depois, é um exemplo de time to market: o estado de emergência foi declarado a 18 de março de 2020 e nós ainda em março lançamos a iniciativa de criar lojas online CTT (…) Temos hoje milhares de pequenas empresas e comerciantes a vender no digital”, adiantou João Bento.

O Sustainability Initiative Award foi para o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA). Em parceria com a Universidade de Évora, o projeto permite aos membros avaliar a forma como desenvolvem atualmente as suas atividades e oferecer recomendações para através de melhores práticas, na vinha e na adega, aumentar a competitividade e a sustentabilidade.

“Queremos deixar um legado para os nossos filhos e netos que tenham uma região pelo menos igual àquela que nós recebemos há uns anos”, disse Francisco Mateus, presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Alentejo.

Os outros nomeados eram a CGD, com o “rating ESG” e a Sonae com a emissão de obrigações ESG-linked.

Francisco Mateus, presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Alentejo.Hugo Amaral/ECO

“Os IRGAwards procuram reconhecer e incentivar boas práticas no desenvolvimento do mercado de capitais e distinguir empresas, dirigentes e colaboradores, ou outras personalidades, que, em cada ano, mais e melhor tenham contribuído para tornar o mercado de capitais mais eficiente, transparente, socialmente responsável e útil à economia e à sociedade portuguesas”, explica a Deloitte. A edição deste ano teve como tema “Connect for impact, with a human focus”.

O Sustainability Initiative Award e o Transformation Award são deliberados pelo júri, com base numa análise técnica realizada pela Deloitte, a partir de informação pública, e usando uma matriz de critérios definida pelo Júri, das candidaturas espontaneamente apresentadas ou propostas por qualquer membro.

O júri, responsável pela atribuição dos prémios, é presidido por Vítor Bento, o novo presidente da Associação Portuguesa de Bancos. Os restantes membros são António Esteves, professor associado de Economia e Finanças na Católica Porto Business School, Álvaro Nascimento, professor associado de Banca e Finanças da Católica Porto Business School, Clara Raposo, presidente do ISEG, Duarte Pitta Ferraz, professor de Governance e Banking na Nova SBE, Esmeralda Dourado, membro do conselho geral e de supervisão da EDP, João Moreira Rato, senior advisor da Morgan Stanley, Luís Amado, antigo presidente do conselho geral e de supervisão da EDP e professor associado na Nova SBE, Nuno Fernandes, professor catedrático de Finanças no IESE Business School e Patrícia Teixeira Lopes, associate dean da Porto Business School.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CTT e vinhos do Alentejo premiados nos IRGAwards

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião