João Rendeiro esconde 21 milhões de euros em offshore

  • ECO
  • 1 Outubro 2021

O ex-presidente do BPP terá sido o último beneficiário de sete sociedades offshore: Oltar, Penn Plaza Management, Corbes, Sertin, Porfine, Joma e Sunday Development Corporation.

O ex-presidente do BPP terá tido movimentos de mais de 21,88 milhões de euros numa conta bancária, na Suíça, de uma sociedade offshore — a Oltar Investments Ltd tinha sede nas Ilhas Virgens Britânicas, nas Caraíbas –, da qual Rendeiro era o último beneficiário, avança esta sexta-feira o Correio da Manhã.

O relatório do Fisco sobre o património dos ex-administradores do BPP, que contém estes dados, refere que entre 1 de janeiro de 1999 e 31 de dezembro de 2008, “os movimentos de entrada totalizaram 21.880.549 euros” e os movimentos de saída totalizaram 12.108.351 euros.

Três meses após renunciar à presidência do BPP, em março de 2009, terá transferido pelo menos 7,83 milhões de euros para uma conta em Singapura, país para onde terá fugido à Justiça e com o qual Portugal não tem um acordo de extradição. Além disso, João Rendeiro terá sido o último beneficiário de mais seis sociedades offshore.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

João Rendeiro esconde 21 milhões de euros em offshore

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião