Offshores

Quase dez mil milhões de euros saíram do país para as offshores sem que o Fisco tivesse fiscalizado as transferências. A polémica agravou-se com a não publicação de estatísticas.

São estas as informações que vão servir de base às estatísticas que a Autoridade Tributária divulga até ao final de junho.

Um ano depois de ter sido conhecido o erro no sistema de controlo das transferências para offshore, o silêncio mantém-se. O papel do fisco continua por apurar e o Governo recusa comentar a demora.