Decisão do caso Tancos adiada para 28 de outubro

  • ECO
  • 7 Outubro 2021

A leitura da decisão do caso Tancos foi adiada de 11 para 28 de outubro, depois de o coletivo de juízes do Tribunal de Santarém ter decidido fazer alterações à acusação do Ministério Público.

A leitura da decisão do caso Tancos foi adiada de 11 para 28 de outubro, depois de o coletivo de juízes do Tribunal de Santarém ter decidido fazer alterações à acusação do Ministério Público (MP), avança o Observador (acesso condicionado).

A leitura do acórdão do processo do furto e recuperação das armas do paiol de Tancos, que envolve 23 arguidos, incluindo o antigo ministro da Defesa, Azeredo Lopes, estava prevista para a próxima segunda-feira.

Recorde-se que os procuradores do MP tinham acusado Azeredo Lopes de abuso de poder, favorecimento pessoal e denegação de Justiça e prevaricação, contudo, nas alegações finais pediram a absolvição do arguido.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Decisão do caso Tancos adiada para 28 de outubro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião