Aveiro reclama “epicentro da rota tecnológica” em Portugal

A Aveiro Tech Week, que decorre entre 11 e 17 de outubro, inclui várias iniciativas dedicadas à tecnologia, arte e cultura. Evento arrancou com a inauguração da nova Hub Tech City, no Edifício Atlas.

Com o carimbo do projeto Aveiro 2027, que pretende candidatar a cidade a Capital Europeia da Cultura, e também da iniciativa Aveiro Tech City, a Aveiro Tech Week, que arrancou esta segunda-feira, quer posicionar o município aveirense como “epicentro da rota tecnológica, num processo em crescendo de afirmação como polo de atração para as indústrias tecnológicas e criativas”.

Até 17 de outubro, o evento promovido pela autarquia local inclui várias ações dedicadas à tecnologia, arte e cultura, divididas em três iniciativas: Techdays Aveiro, Criatech e Prisma / Art Light Tech, que prometem “animar a cidade dos canais com uma arrojada programação cultural e artística que convida a desfrutar de exposições, instalações de luz e som, conferências, laboratórios e outras experiências”.

O evento começou esta tarde com uma sessão no Cais da Fonte Nova, que incluiu a inauguração da nova Hub Tech City, no Edifício Atlas Aveiro, e que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, José Ribau Esteves, do Reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, do CEO da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, e do deputado ao Parlamento Europeu, José Manuel Fernandes.

No âmbito dos Techdays, além dos encontros de participação gratuita com inscrição prévia – o espaço é limitado a 310 lugares, mas vão ser transmitidos em direto através dos canais oficiais – e que incluem dezenas de oradores nacionais e internacionais, a organização destaca a dinamização de workshops dedicados a temáticas como criatividade e inovação, laboratórios urbanos, cidadania ativa e emprego e formação.

O evento reclama ainda uma componente educativa através de atividades STEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática) realizadas com crianças e jovens, e uma outra destinada à comunidade aveirense que poderá conhecer a iniciativa Tech Lab, que ao longo do ano letivo 2021/2022 já estará instalada e implementada em todos os estabelecimentos de ensino do município.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Aveiro reclama “epicentro da rota tecnológica” em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião