BCP pressiona Lisboa e bolsas europeias caem 1%

Mais um dia de quedas nos mercados de capitais. As bolsas europeias estão a acompanhar a tendência negativa vivida nas praças asiáticas, face aos receios da inflação e colapso da Evergrande.

As bolsas europeias abriram em queda, com perdas a superarem 1% em algumas das principais praças do Velho Continente. O principal índice português não é exceção: o PSI-20 abriu a cair 0,51%, cotando a 5.508,8 pontos, depois de uma sessão que também foi de quedas nos mercados asiáticos.

A maioria dos setores representados no índice português negoceiam no “vermelho”, mas as perdas com maior ponderação estão na banca e na energia. O BCP recua 1,36%, para 16,74 cêntimos cada título, enquanto a EDP desvaloriza 1,04%, para 4,458 euros por ação.

A EDP Renováveis recua 0,30%, para 20,24 euros. No setor petrolífero, a Galp Energia cai 0,35%, para 10,024 euros, numa altura em que o barril de Brent, referência para as importações nacionais, corrige uns ligeiros 0,04%, mantendo-se a cotar em cerca de 83,62 dólares.

A subida dos preços da energia em geral continua a assustar os investidores um pouco por todo o mundo e mantêm-se os receios de que a inflação seja mais persistente do que o anteriormente antecipado pelos banqueiros centrais. Além disso, o aparente colapso iminente da promotora imobiliária chinesa Evergrande está a provocar ondas de choque nas bolsas.

A travar as perdas em Lisboa está a Corticeira Amorim, que valoriza 1,02%, para 11,94 euros. Também a Ibersol se destaca nos ganhos, ao avançar 1,01%, para 5,98 euros.

Enquanto isso, o Stoxx 600 perde 0,9%. O britânico FTSE 100 recua 1,1%, assim como o francês CAC-40. O alemão DAX cede 1,2% e o espanhol IBEX-35 apresenta perdas mais acentuadas, de 1,4%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP pressiona Lisboa e bolsas europeias caem 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião