Nas notícias lá fora: 5G, Facebook e ETF de bitcoin

Espanha prevê instalar 14.500 torres e antenas 5G. "CMVM" dos EUA vai permitir primeiro ETF de bitcoin do país. Facebook quer monitorizar cada movimento do usuário através de IA.

O plano de desenvolvimento do 5G em Espanha prevê a implantação ou renovação de 14.500 torres e antenas. A “CMVM” dos EUA pode estar em vias de permitir o primeiro ETF de bitcoin do país, enquanto o Facebook quer monitorizar cada movimento dos utilizadores através da inteligência artificial. Estas são algumas das notícias que marcam a atualidade internacional.

Cinco Días

Espanha prevê instalar 14.500 torres e antenas de 5G

O plano de desenvolvimento da rede 5G promovido pelo Governo espanhol prevê a implantação ou renovação de 14.500 torres e antenas para a quinta geração. O orçamento do plano ascende a 1,405 milhões de euros: 235 milhões de euros em 2021, 600 milhões de euros em 2022, e os restantes 570 milhões de euros em 2023. Os contratos serão adjudicados antes do final de 2023, com implementação a ser concluída até ao final de 2025.

Leia a notícia completa no Cinco Días (acesso livre/conteúdo em espanhol).

The Economic Times

“CMVM” dos EUA pode dar “luz verde” ao primeiro ETF de bitcoin

O regulador dos mercados financeiros dos EUA pode vir a permitir que o primeiro ETF de futuros de bitcoin na bolsa norte-americana comece a ser negociado na próxima semana. “É amplamente esperado que o quarto trimestre veja progressos significativos quanto a um ETF de bitcoin nos EUA”, disse Ben Caselin, chefe de investigação e estratégia da AAX. Esta sexta-feira, a bitcoin atingiu um máximo de seis meses, aproximando-se dos 60.000 dólares. Os ETF são fundos de investimento que transacionam na bolsa.

Leia a notícia completa no The Economic Times (acesso livre/conteúdo em inglês).

Reuters

Governo britânico garante que haverá prendas no Natal

O ministro britânico dos transportes, Grant Shapps, disse esta sexta-feira que está confiante de que as pessoas poderão comprar presentes no Natal, depois de os contentores de transporte de brinquedos e artigos elétricos terem sido desviados do maior porto do país, por estar demasiado congestionado. “As pessoas poderão receber coisas no Natal”, assegurou o governante à Sky News.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso pago/conteúdo em inglês).

Business Insider

Facebook quer monitorizar cada movimento através de IA

O Facebook está a trabalhar em tecnologia que irá monitorizar a vida humana num novo nível, disse a empresa numa publicação no Twitter. O Facebook prevê um futuro em que os óculos inteligentes “se tornem tão úteis na vida quotidiana como os smartphones”. A ideia é desenvolver inteligência artificial que “veja” o mundo como os humanos, a partir de uma perspetiva de primeira pessoa.

Leia a notícia completa no Business Insider (acesso pago/conteúdo em inglês).

The Guardian

Rainha de Inglaterra está irritada por líderes mundiais não agirem na crise climática

A rainha de Inglaterra criticou a inação dos líderes mundiais na abordagem à crise climática, admitindo-se “irritada” por estes “falarem mas não agirem”, numa altura que Isabel II deverá marcar presença na cimeira climática COP26 em Glasgow. O Príncipe Carlos disse também que está preocupado com o encontro: “O problema é conseguir ação no terreno”, afirmou.

Leia a notícia completa no The Guardian (acesso pago/conteúdo em inglês).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: 5G, Facebook e ETF de bitcoin

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião