Lisboa no vermelho com EDP e Galp Energia a pressionar

Bolsa nacional segue em queda na primeira sessão da semana, penalizada pelas ações da EDP e Galp Energia. EDP Renováveis e BCP travam descida mais acentuada.

A bolsa de Lisboa abriu a semana em terreno negativo, penalizada, sobretudo, pela EDP e pela Galp Energia. No lado oposto, a travar uma descida mais acentuada, estão as ações da EDP Renováveis e do BCP. No resto da Europa o sentimento é igualmente de perdas.

O PSI-20 segue a desvalorizar 0,2% para 5.650,47 pontos, ao fim de quatro sessões consecutivas a valorizar. O cenário em Lisboa está praticamente inalterado, com cerca de metade das cotadas no verde e a outra metade no vermelho.

Os títulos da Galp Energia estão a penalizar o índice ao caírem 0,4% para 9,91 euros, no dia em que o preço do barril de petróleo está em máximos. O Brent, que serve de referência à Europa, valoriza 0,73% para 85,48 dólares, enquanto o WTI, negociado no Texas, soma 1% para 82,55 dólares.

Destaque também para a EDP, que está a manter o PSI-20 no vermelho ao recuar 0,06% para 4,666 euros. Ainda nas perdas, a Jerónimo Martins perde 0,68% para 19,105 euros, acompanhada pela REN que desce 0,94% para 2,64 euros.

No lado oposto, a travar uma descida mais acentuada da bolsa de Lisboa, estão as ações da EDP Renováveis, que ganham 0,45% para 22,10 euros, acompanhadas pelas do BCP que ganham 0,9% para 0,1564 euros. Destaque ainda para a Semapa que valoriza 1,13% para 12,48 euros, representando a maior subida desta sessão, enquanto a GreenVolt sobe 1,25% para 6,46 euros.

Esta tendência de perdas está, assim, em linha com o resto da Europa, no dia em que o índice de referência europeu, Stoxx-600, segue a perder 0,32% para 467,90 pontos. Outros índices, como o espanhol e o francês, também recuam 0,44% e 0,84%, respetivamente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa no vermelho com EDP e Galp Energia a pressionar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião