Everis NTT Data Portugal quer contratar 500 pessoas no próximo ano

A preferência é por pessoas na área das tecnologias, mas a empresa considera também talento de outros domínios do conhecimento.

A agora Everis NTT Data Portugal tem planos para contratar 500 novos colaboradores durante o próximo ano, juntando-se aos 1.400 que já trabalhavam na tecnológica. A preferência é por talento na área das tecnologias, mas a empresa considera também pessoas de outros domínios do conhecimento.

“Temos previstas, só no próximo ano, mais de 500 contratações no total, tanto para os polos como para aquilo que é a nossa estrutura central. Estamos a falar de investimento no que é a criação dessas estruturas deslocalizadas”, adianta Tiago Barroso, diretor-geral da Everis NTT Data Portugal, em entrevista ao Diário de Notícias.

Nos planos da companhia está também o investimento em 15 polos de conhecimento de especializado. “Temos um centro especializado, por exemplo, no desenvolvimento de soluções clínicas, que está em Braga, junto do Polo Universitário de Braga. Estamos a planear abrir um ligado aos temas da criatividade, mais no interior do país [Castelo Branco]. Temos um outro, que anunciámos há poucos meses, de tecnologias Microsoft Cloud Azure que já está em marcha”, esclarece.

O objetivo é abranger o país por completo, procurando sinergias junto dos polos universitários, com os quais a empresa já tem alguns protocolos.

Ciente da falta de talento em Portugal e em toda a Europa para preencher as ofertas ao nível das tech, Tiago Barroso admite alargar a outros domínios do conhecimento, na perspetiva dos recém-licenciados ou recém-mestrados, “aos quais ministramos cursos de upskilling ou reskilling para aquilo que são as tecnologias de informação”.

Privilegiando a área da tecnológica, mas não sendo um requisito obrigatório, a companhia procura jovens talentosos e pessoas que já estejam no mercado. “É outra perspetiva de recrutamento”, afirma o líder da empresa, que prevê duplicar a operação de três mil milhões de euros para seis mil milhões de euros na região onde Portugal está incluído (mercados da Europa e América Latina).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Everis NTT Data Portugal quer contratar 500 pessoas no próximo ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião