Aicep expõe produtos “made in Portugal” na loja chinesa da Alibaba

De acordo com a Aicep, o comércio online no segmento de comida e bebidas poderá crescer mais de 8% ao ano até 2024. A agência considera que e-commerce "pode ser a chave para o sucesso das empresas".

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (Aicep) vai lançar esta quarta-feira a iniciativa “Agregador de Produtos Agroalimentares Portugueses”, uma espécie de montra de produtos agroalimentares portugueses no marketplace chinês Alibaba. “O e-commerce pode ser a chave para o sucesso das empresas do setor”, acredita a Aicep.

O projeto juntará artigos de diversas empresas portuguesas do setor agroalimentar numa página web comum na plataforma chinesa, com gestão comercial e de marketing conjunta. Com o apoio da Aicep e da AMVOS Digital, “será possível garantir uma gestão profissional desta página web e reduzir significativamente os encargos financeiros das empresas, o que criará condições propícias para um melhor desempenho no e-commerce.

A Aicep espera que o comércio online no segmento de comida e bebidas cresça mais de 8% ao ano até 2024, o que aumenta a necessidade de as empresas portuguesas desenvolverem estratégias de e-commerce eficazes. O objetivo é ganhar quota de mercado e aumentar o volume de negócios das empresas participantes, aumentando a “competição online” a médio prazo.

“O setor agroalimentar irá enfrentar grandes desafios nas próximas décadas, num contexto de rápida mudança das tendências e escolhas dos consumidores. O e-commerce pode ser a chave para o sucesso das empresas do setor, que conseguirão competir mais livremente e com acesso a um grande mercado global”, explica a Aicep em comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Aicep expõe produtos “made in Portugal” na loja chinesa da Alibaba

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião