IGCP avança com troca de dívida

O objetivo é que os investidores troquem títulos com maturidade em 2023 e 2024 por outros cujos prazos terminam a 2031 e 2052.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai fazer mais uma troca de dívida, esta quarta-feira, tendo em vista aliviar os reembolsos para os próximos anos. O objetivo é que os investidores troquem títulos com maturidade em 2023 e 2024 por outros cujos prazos terminam a 2031 e 2052.

“O IGCP vai realizar no próximo dia 27 de outubro de 2021 pelas 10h00 horas uma oferta de troca” de Obrigações do Tesouro, adianta a agência liderada por Cristina Casalinho, em comunicado.

A operação tem como objetivo recomprar obrigações do Tesouro com maturidade em outubro de 2023 e fevereiro de 2024, sendo que os investidores que aceitarem poderão deter dívida portuguesa durante mais alguns anos.

A troca poderá ser feita por obrigações que têm maturidade em outubro de 2031 ou por títulos de mais longo prazo, que apenas serão reembolsados por Portugal em abril de 2052.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

IGCP avança com troca de dívida

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião