Turismo dos residentes dispara 84% com efeito da pandemia, mas continua abaixo de 2019

As viagens turísticas dos residentes dispararam 84% no segundo trimestre, face ao mesmo período de 2020, fortemente marcado pela pandemia. Mas continuam muito abaixo dos níveis pré-pandemia.

A atividade turística dos residentes continua a recuperar. Entre abril e junho, os residentes em Portugal realizaram 3,6 milhões de viagens turísticas, o que corresponde a um aumento de 83,9% face ao mesmo período de 2020, fortemente marcado pela pandemia. No entanto, ainda está 35,4% abaixo do segundo trimestre de 2019, altura em que foram realizadas 5,6 milhões de viagens pelos residentes, segundo o INE.

No segundo trimestre de 2021, a grande maioria das viagens (96,9%) decorreu em território nacional, o que correspondeu a 3,5 milhões das deslocações. Em contraciclo, as viagens com destino ao estrangeiro reduziram a sua expressão e representaram apenas 3,1% do total, o que corresponde a 111,7 mil viagens, contra os 14,8% registados no segundo trimestre de 2019.

“Lazer, recreio ou férias” foi a principal categoria de motivação para os residentes viajarem no segundo trimestre de 2021, o que corresponde a 1,7 milhões de viagens. No entanto, ainda representa um decréscimo de 35,8% face ao segundo trimestre de 2019.

Os “hotéis e similares” concentraram 16,5% das dormidas resultantes das viagens turísticas no 2.º trimestre de 2021, registando um ganho na sua representatividade (+5,7 pontos percentuais). Já o “alojamento particular gratuito” manteve-se como a principal opção de alojamento (76,8% das dormidas), embora tenha diminuído o seu peso no total (-7,4 pontos percentuais).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Turismo dos residentes dispara 84% com efeito da pandemia, mas continua abaixo de 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião