Casamentos continuam a recuperar da pandemia e quase duplicam em setembro

Já se realizaram mais casamentos este ano do que no total de 2020. Ainda assim, o número de bodas continua abaixo dos níveis atingidos no período pré-pandemia.

Com o levantamento das restrições que impediam eventos de grandes dimensões, e um aumento da taxa de vacinação, os portugueses voltaram a “atar o nó”. Os casamentos continuaram a recuperar face ao ano passado, sendo que em setembro quase duplicaram: realizaram-se 4.430 celebrações, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) esta sexta-feira.

Em agosto e setembro de 2021, os meses tipicamente escolhidos para estes eventos, “celebraram-se, respetivamente, 4.585 e 4.430 casamentos, correspondendo a 1,8 e 1,5 vezes o número de casamentos realizados nos meses de agosto e setembro de 2020 (+1.996 e +1.571 casamentos)”, adianta o INE.

Olhando para o acumulado do ano, entre janeiro a setembro de 2021 foram celebrados 21.911 casamentos, o que são mais 8.293 eventos do que no mesmo período do ano passado. Nestes nove meses, já foram realizados mais casamentos do que em todo o ano de 2020 (18.902).

O cenário é assim positivo para a indústria dos casamentos, com os empresários do setor a sinalizar que os portugueses “voltaram a ganhar confiança para casar” e há quem fale mesmo numa “retoma galopante”. É o caso da Quinta do Roseiral, na Ericeira, que sofreu uma quebra de 95% no volume de negócios com a pandemia mas já tem agora cerca de 60 casamentos agendados para o próximo ano.

Apesar desta recuperação, o total de celebrações deste ano continua ainda abaixo do período pré-pandemia, sendo que foram realizados menos 4.353 casamentos do que no período homólogo de 2019.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Casamentos continuam a recuperar da pandemia e quase duplicam em setembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião