Programa do Governo leva 44 pessoas por mês a mudar do litoral para o interior

  • ECO
  • 15 Novembro 2021

Governo anuncia mudanças no programa ainda esta semana, sendo que o teletrabalho e trabalho remoto também serão elegíveis na iniciativa “Emprego Interior MAIS”.

A iniciativa “Emprego Interior MAIS”, que foi aprovada em agosto de 2020, já validou 371 candidaturas, o que correspondem a 667 pessoas. De acordo com dados do Ministério do Trabalho, Solidariedade e da Segurança Social, até ao final de outubro houve 44 pessoas a deixaram o litoral para rumar ao interior do país, avança a Rádio Renascença (acesso livre).

O apoio às famílias para proceder à mudança pode ir até 4.827 euros. No total, o Governo já gastou 1,2 milhões de euros em apoios pagos. Castelo Branco é o distrito mais procurado, com 20% das candidaturas aprovadas, seguido de Portalegre (10%), Évora (10%) e Guarda (9%).

A ministra do trabalho, Ana Mendes Godinho, anuncia ainda esta semana que este programa vai sofrer algumas alterações, nomeadamente, será alargado, passando o teletrabalho e o trabalho remoto também a ser elegíveis. “Estamos a preparar para alargar o programa para que quem queira trabalhar remotamente de um território do interior, ou em teletrabalho, possa ser abrangido. Mas vamos também abrir a trabalhadores estrangeiros que queiram ir trabalhar para o interior de Portugal”, adianta Mendes Godinho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Programa do Governo leva 44 pessoas por mês a mudar do litoral para o interior

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião