EDP Inovação analisa 93 startups para futuro investimento

Nesta edição da Web Summit, que marca o regresso presencial da cimeira de tecnologia, a EDP Inovação ouviu 323 pitches, do qual 93 startups passaram para a fase seguinte.

A EDP Inovação está a analisar 93 startups para futuro investimento, de um total de 323 pitches realizados durante a Web Summit. Defined.ai (antes DefinedCrowd), Aperio, Drivit e Ydata são as startups onde a elétrica nacional já investiu, um total de mais de 2,2 milhões de euros, depois de um pitch realizado na cimeira tecnológica. A companhia estima investir mil milhões de euros em inovação até 2025.

“Este foi um ano muito bom. Apesar de o evento ter tido menos afluência, foi o primeiro ano em que um conjunto de startups focadas no tema de energia e da sustentabilidade começou a aparecer e, para além destas, um outro grupo de startups que desenvolvem soluções que têm aplicações bastantes transversais aos diversos setores e que também podem ser aplicadas ao setor energético”, diz António Coutinho, presidente da EDP Inovação, ao ECO.

“A realidade é tão rápida e tão ampla que quem mais consegue aceder a um ecossistema de parceiros, como startups, é quem será mais bem-sucedida. É isso que nos move. O desafio da transição energética é tão grande, que nenhuma empresa é grande o suficiente para conseguir resolver esta equação sozinha”, acrescenta.

Nesta edição, que marca o regresso presencial da cimeira de tecnologia, a EDP Inovação ouviu 323 pitches, do qual 93 startups passaram para a fase seguinte. Um número que supera os 100 pitches de 2020 — ano em que o evento decorreu online — mas abaixo dos 412 da edição de 2019, o ano do elevator pitch.

Stands portugueses na Web Summit - 02NOV21
Stand da EDPHugo Amaral/ECO

Este ano as startups selecionadas movimentam-se sobretudo na área de Inteligência artificial, gestão de dados e machine learning, seguida de energias limpas/renováveis, seguida de mobilidade elétrica e redes inteligentes.

“As equipas da EDP Inovação de cada uma das áreas está a fazer uma investigação aprofundada sobre estas 93 startups – histórico, de onde são, quem é a equipa, se projeto que desenvolveram é viável – para passarem para reuniões aprofundadas. Têm até à próxima semana para as passar “a pente fino” e avançamos daí”, explica fonte oficial da elétrica.

Desde 2016, com o arranque da Web Summit, a EDP já ouviu 800 startups, tendo realizado quatro investimentos até agora, num montante superior a 2,2 milhões de euros: Defined.ai (1,2 milhões de euros); Aperio (não revelado a pedido da startup israelita); Drivit (500 mil euros) e Ydata (500 mil euros).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Inovação analisa 93 startups para futuro investimento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião