EDP marca presença na Web Summit. Procura startups para combater alterações climáticas

No pavilhão 2, o "Climate Change Pitch" vai desafiar os empreendedores a apresentarem as suas ideias ou negócios em apenas um minuto.

A EDP está de volta à Web Summit, o maior evento tecnológico do país. “Welcome to 2030” é o mote da elétrica, que vai aproveitar a edição deste ano da cimeira tech para procurar startups com soluções inovadoras. O objetivo é convocar a sociedade para combater, em conjunto, as alterações climáticas.

“O ‘Climate Change Pitch’ da EDP, no pavilhão 2, desafia os empreendedores a apresentarem as suas ideias ou negócios num minuto, enquanto são confrontados com o impacto que as alterações climáticas podem ter nas nossas cidades, se nada for feito para as travar”, adianta a empresa ao ECO.

Depois de se ter comprometido a investir 24 mil milhões de euros até 2025 na transição energética e a ser 100% verde até 2030, a EDP quer agora encontrar empresas com soluções inovadoras para áreas-chave, como a sustentabilidade, as energias renováveis, a digitalização e as novas tecnologias do setor energético.

Além disso, a companhia conta, a 2025, investir dois mil milhões de euros em inovação e digitalização, temas centrais da Web Summit. Aumentar as equipas dedicadas à inovação, aumentar o número de parcerias e reforçar o fundo de investimento em startups fazem também parte dos planos.

“Nesta estratégia, a EDP procura oportunidades em sete domínios de inovação: produção renovável, produção de energia distribuída, redes inteligentes, descarbonização do consumo final, flexibilidade e armazenamento, hidrogénio e mobilidade”, detalha a empresa.

Desde a primeira edição da Web Summit em Lisboa, a EDP já ouviu mais de 800 startups de todo o mundo, tendo realizado mais de 200 reuniões de negócio, que resultaram em 12 projetos-pilotos e em quatro investimentos.

Final do “EDP Starter Business Acceleration”

No evento, que começa já dia 1 de novembro, segunda-feira, vai também realizar-se a final da edição deste ano do “EDP Starter Business Acceleration”, o concurso mundial para startups de energia. Depois de ter recebido mais de 700 inscrições de 78 países, os dez finalistas, de quatro nacionalidades, vão apresentar o seu pitch final num dos palcos da Web Summit, no último dia do evento.

“Para além dos projetos-piloto que já estão a desenvolver com várias empresas do grupo EDP, as equipas competem por um prémio de 50 mil euros para investirem no seu negócio”, esclarece a elétrica.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP marca presença na Web Summit. Procura startups para combater alterações climáticas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião