Inetum quer contratar 150 pessoas no próximo ano. Maioria serão formandos do programa UPskill

A maioria das vagas deverá ser preenchida por formandos do programa UPskill, direcionado à qualificação e requalificação de pessoas desempregadas ou em situação de subemprego. 

A Inetum pretende aumentar o número de colaboradores no próximo ano, com o reforço de 150 novos profissionais. A maioria das vagas deverá ser preenchida por formandos do programa UPskill, direcionado à qualificação e requalificação de pessoas desempregadas ou em situação de subemprego.

“Prevemos contratar em 2022, pelo menos, 80% destes formandos”, adianta fonte oficial da empresa à Pessoas, acrescentando que já há 179 pessoas inscritas para a segunda edição do programa UPskill. O número cresce significativamente quando comparado com os resultados da primeira edição do programa de qualificação e requalificação, em que foram formadas dez pessoas e contratadas nove pela empresa de serviços de TI com sede em França.

Desta vez, a formação no âmbito do UPskill – Digital Skills & Jobs alarga o programa às áreas de SAP e OutSystems, bem como estende o espetro geográfico às cidades de Lisboa, Porto e Bragança. Responder de forma efetiva à falta de recursos qualificados nas áreas do digital e tecnologia nas empresas é o grande objetivo.

“Não queremos apenas formar e requalificar em abstrato, queremos qualificar quadros alinhados com aquilo que é a cultura da Inetum e as necessidades dos mercados onde atuamos. No atual contexto, ter uma equipa coesa é a resposta para uma organização mais resiliente. Por isso, para a Inetum o programa UPskill é a oportunidade perfeita para aumentarmos a nossa competitividade, formando profissionais qualificados que podem responder de forma eficaz às exigências e necessidades dos nossos clientes e parceiros”, refere Francisco Febrero, SAP global business line CEO & head of Inetum Portugal, citado em comunicado.

O programa UPskill surge com o propósito de dar respostas ao Plano de Recuperação e Resiliência e à Transição Digital e, subsequentemente, falta de recursos humanos qualificados nas áreas das tecnologias da informação e comunicação (TIC). Para a Inetum este programa tem representado uma oportunidade para reforçar as suas equipas, tanto ao nível de novos talentos, como no que diz respeito à sua capacidade operacional.

Não queremos apenas formar e requalificar em abstrato, queremos qualificar quadros alinhados com aquilo que é a cultura da Inetum e as necessidades dos mercados onde atuamos.

Francisco Febrero

SAP global business line CEO & head of Inetum Portugal

Cada curso tem uma duração estimada de seis meses em ambiente letivo, seguido de três meses de formação profissional em contexto de trabalho na Inetum. “De uma forma geral, temos encontrado profissionais com uma enorme vontade de abraçar um novo desafio, muito motivados com a mudança de carreira e que agarraram esta oportunidade com entusiasmo sendo que alguns estavam, efetivamente, em situação de desemprego”, acrescenta Francisco Febrero.

A fase de candidaturas para segunda edição do programa UPskill arrancou a 14 de outubro, mas o prazo foi prolongado até 26 de novembro. Os interessados devem submeter a sua candidatura através deste link. Além dos formandos, também as empresas interessadas em juntar-se ao programa podem inscrever-se.

A Inetum é um grupo tecnológico que, em Portugal, integra o grupo Gfi, i2s, ROFF e Iecisa, e conta com 1.060 colaboradores (universo SAP Business Line, ex-ROFF). O grupo opera em mais de 26 países, contando com quase 27 mil trabalhadores, e gerou receitas no valor de 1,966 mil milhões de euros, em 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Inetum quer contratar 150 pessoas no próximo ano. Maioria serão formandos do programa UPskill

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião