Ironhack abre candidaturas para bootcamp de análise de dados

O curso intensivo de data analytics arranca já em janeiro, em regime presencial, no campus de Lisboa.

A Ironhack está a preparar mais uma edição do curso intensivo de data analytics, que pretende preparar os alunos com as competências necessárias para ingressar no setor tecnológico. O bootcamp, em regime presencial, no campus de Lisboa, tem início marcado a 17 de janeiro e termina a 18 de março. As candidaturas estão abertas.

“A análise de dados permite às empresas a previsão de possíveis cenários, através do reconhecimento de padrões, impulsionando-as para o êxito. Um profissional desta área deve ter criatividade, vontade de aprender e prazer em solucionar problemas, olhando para eles como uma oportunidade”, explica José Pereira, lead teacher do curso de data analytics, em comunicado. “Em Portugal, o futuro da análise de dados é brilhante, pois esta é uma área que não pára de crescer”, acrescenta.

A procura por profissionais da área de dados — capazes de personalizar respostas, prever comportamentos, otimizar processos e formular estratégias de sucesso — tem vindo a aumentar. De acordo com o “Market Analysis Perspective: Big Data & Analytics Market in Portugal 2018-2022”, um estudo levado a cabo pela IDC Portugal, mais de metade das organizações nacionais utiliza ferramentas de análise de dados e business intelligence. Além disso, o “Future of Jobs Report 2020”, elaborado pelo World Economic Forum, assegura que, globalmente, 85% das empresas tenciona adotar tecnologias de análise de big data, até 2025.

Indicadores que fizeram a escola de formação tecnológica avançar para mais uma edição deste curso, destinado a todos aqueles que procuram uma mudança de carreira ou uma especialização em análise de dados. “Profissionais de áreas como marketing, economia ou matemática são os que mais procuram estes cursos intensivos, concluindo-os com sucesso”, detalha a Ironhack.

Os candidatos devem ter mais de 18 anos, um domínio intermédio da língua inglesa e cumprir o trabalho prévio de preparação. O curso tem um custo de 6.000 euros e oferece várias modalidades de pagamento, entre elas o Acordo de Rendimento Partilhado, que possibilita candidatos com menos capacidade financeira pagarem o seu curso apenas depois de ingressarem no mercado de trabalho. Esta é uma iniciativa promovida em parceria com a Fundação José Neves.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ironhack abre candidaturas para bootcamp de análise de dados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião