Diretor de supervisão do BCE preocupado com sobreavaliação de ativos

  • Lusa
  • 19 Novembro 2021

"Há alguns segmentos dos mercados financeiros, em particular, que estão altamente alavancados", avisa Andrea Enria, diretor da supervisão bancária do Banco Central Europeu.

O diretor da supervisão bancária do Banco Central Europeu (BCE), Andrea Enria, mostrou-se esta sexta-feira preocupado com a potencial sobreavaliação de ativos nos mercados à saída da pandemia, alertando para os efeitos na estabilidade financeira.

Estou preocupado que à saída das medidas de apoio extraordinário, que foram implementadas pela política monetária e orçamental neste período, possa haver solavancos nos mercados financeiros“, disse Andrea Enria em declarações ao podcast do Banco de Portugal.

De acordo com o responsável italiano, “há alguns segmentos dos mercados financeiros, em particular, que estão altamente alavancados, com concentração de posições, em que provavelmente há problemas de sobreavaliação agora”.

“Ajustamentos aí poderiam levantar preocupações de estabilidade financeira”, alertou o responsável do regulador bancário europeu.

Andrea Enria entende que esse deverá ser “no curto prazo, o foco principal” para Frankfurt, antes de temas mais perenes como a digitalização e as alterações climáticas.

Já a administradora do BdP, Ana Paula Serra, no mesmo fórum, referiu-se ao caso específico português, lembrando que o país “terminou as moratórias públicas em setembro”.

“Estamos a esperar para ver qual é a avaliação da qualidade do crédito. Poderá dar-se o caso de que alguns dos riscos ainda não se materializaram”, referiu.

Ana Paula Serra referiu-se ainda às questões de rendibilidade da banca como um risco, bem como à dívida pública.

“Alguns bancos portugueses ainda estão bem expostos a dívida soberana, e claro que aí esse risco poderia danificar o sistema português”, considerou a administradora.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Diretor de supervisão do BCE preocupado com sobreavaliação de ativos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião