Governo assegura reforço de meios da estrutura de vacinação ainda esta semana

O reforço nos recursos humanos e logística da estrutura de vacinação vai arrancar já esta semana, garante secretário de Estado, sem adiantar a dimensão desta operação.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde assegura que ainda esta semana será feito um reforço dos meios da estrutura de vacinação, nomeadamente de recursos humanos e logística. “Temos que reprogramar e replanear o mais brevemente possível”, admite António Lacerda Sales, numa altura em que novos critérios fazem com que mais pessoas sejam abrangidas pela dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

Entraram “mais de 1,8 milhões de pessoas [nesta fase de vacinação] e isso exige reprogramação de meios, logística e planeamento“, reitera o secretário de Estado, em declarações transmitidas pelas televisões. Lacerda Sales não adiantou ainda a dimensão do reforço que será feito na estrutura, mas garantiu que vai avançar já nesta semana.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) avançou com três novos critérios, pelo que vão começar a ser chamados os maiores de 18 anos que tomaram a vacina da Janssen; e, entre os maiores de 65 anos e os profissionais de saúde e do setor social, é encurtado o intervalo mínimo de seis para cinco meses e entram os recuperados e que só receberam uma dose.

“Tínhamos o objetivo de vacinar 1,6 milhões de pessoas até ao Natal e agora mais do que se duplicou o número de faixas”, sinaliza o secretário de Estado. Lacerda Sales mostra-se confiante, ainda assim, que tal “não põe em causa o objetivo”, sendo que se vai “tentar vacinar o maior número de pessoas possível no menor tempo possível”, diz. A reprogramação e replaneamento estão a ser feitos “em conjunto com o Ministério da Defesa e também com as autarquias”, acrescentou.

Tal como anteriormente, têm sido priorizadas as “faixas mais vulneráveis e idosos”, e “com o evoluir do processo e aceleração que tem tido, brevemente todas as faixas estarão a ser chamadas”. Os bombeiros e setor social vão começar a ser chamados também, recordou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo assegura reforço de meios da estrutura de vacinação ainda esta semana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião