Thomas Gunther assume liderança da Volkswagen Autoeuropa a 1 de dezembro

Thomas Gunther é o nome escolhido para liderar a Volkswagen Autoeuropa, assumindo funções a 1 de dezembro. Miguel Sanches passa a vice-presidente de operações da Volkswagen no Brasil e mercado SAM.

Thomas Hegel Gunther assume a partir de 1 de dezembro a direção-geral da Volkswagen Autoeuropa. Miguel Sanches assume a função de vice-presidente de operações da Volkswagen do Brasil e região SAM (América do Sul), anunciou a companhia automóvel alemã.

Na Volkswagen desde 2000, Thomas Hegel Gunther juntou-se à marca automóvel através de um programa de formação internacional. Trabalhou na área de carroçarias, na fábrica de Wolfsburg, entre 2001 e 2004, tornando-se, no ano segujnte, assistente das áreas de produção e componentes. Entre 2007 e 2013, desempenhou diversos cargos de gestão na área de componentes, tendo assumido no mesmo ano a gestão da unidade de negócios de peças plásticas.

Em 2015, o profissional assumiu o cargo de CEO da SITECH Sp. na Polónia (unidade da Volkswagen Group Components responsável pelo fornecimento de bancos) e de porta-voz do conselho de administração da SITECH Sitztechnik GmbH. Era, desde 2018, responsável pelo controlo de produção e logística da marca Volkswagen, informa a companhia em nota de imprensa.

À frente da Autoeuropa Volkswagen desde março de 2016, Miguel Sanches liderou o lançamento do T-Roc e o crescimento da fábrica de Palmela até ao valor máximo de 254.600 unidades produzidas em 2019.

O profissional — que transita para novas funções no mercado do Brasil e região SAM –, juntou-se à unidade de Palmela em 1993. “Em 2009 assumiu a função de diretor de produção, após ter ocupado diversos cargos nas áreas de montagem e construção de carroçarias. Em 2011 mudou-se para a Volkswagen do México como diretor de produção, tendo em 2014 assumido a vice-presidência de produção e logística”, informa a marca automóvel.

Nas suas novas funções na Volkswagen do Brasil e região SAM terá como responsabilidade a gestão das unidades de produção do Grupo Volkswagen no Brasil e na Argentina.

A Autoeuropa, com mais de 5.200 colaboradores, dos quais 98% com vínculo permanente, produziu em 2020 um total de 192.000 automóveis e 20 milhões de peças para outras fábricas do grupo alemão, que representam 1,4% do PIB e 4,7% das exportações portuguesas. A unidade de Palmela produz o SUV T-Roc e o monovolume Volkswagen Sharan.

No último ano, a falta de semicondutores, que tem penalizado a indústria automóvel nacional, levou a várias paragens de produção na unidade de Palmela.

(notícia atualizada às 10h43)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Thomas Gunther assume liderança da Volkswagen Autoeuropa a 1 de dezembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião