Taxa de desemprego desce para 7,3% na Zona Euro. Portugal abaixo da média europeia

A taxa de desemprego da Zona Euro desceu em outubro para 7,3%, mas Portugal continua a ter uma taxa inferior (6,4%). Contudo, o mesmo não se verifica na taxa de desemprego jovem.

A taxa de desemprego na Zona Euro (19 Estados-membros) baixou de 7,4% em setembro para 7,3% em outubro, de acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pelo Eurostat. Este número compara com os 8,4% registados em outubro do ano passado, altura em que a Covid-19 ainda tinha um impacto mais negativo no mercado de trabalho.

Ao nível da União Europeia (28 Estados-membros), a taxa de desemprego situou-se em 6,7% em outubro, igual à de setembro. Em outubro de 2020 a taxa situava-se nos 7,5%, segundo o gabinete europeu de estatísticas. Ainda assim, a taxa de desemprego (ver gráfico) não alcançou o valor pré-pandemia.

Estes números traduzem-se em 14,312 milhões de desempregados na UE (dos quais 12,045 milhões na Zona Euro), menos 77 mil (66 mil) face ao mês anterior e menos 1,65 milhões (1,564 milhões) face ao mês homólogo. Os dados mostram como o mercado de trabalho europeu recuperou do impacto negativo da crise pandémica.

Em Portugal, a taxa de desemprego fixou-se em 6,4%, em outubro (inalterada face a setembro), indicou o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) no final de novembro, mas a população empregada caiu 0,3% em cadeia. A taxa nacional mantém-se assim abaixo da registada tanto na Zona Euro como na União Europeia.

A maior taxa de desemprego continua a ser a de Espanha (14,5%), após ter sido ultrapassada pela Grécia onde a taxa tem caído mais depressa, situando-se agora nos 12,9%. No extremo oposto está a Chéquia (2,6%), a Holanda (2,9%) e a Alemanha (3,3%). Na Itália a taxa é de 9,4% e em França é de 7,6%.

A taxa de desemprego jovem na União Europeia e na Zona Euro baixou para os 15,9% em outubro (16% e 16,1%, respetivamente, em setembro). Em Portugal, a taxa de desemprego jovem é muito superior e até aumentou de setembro para outubro, fixando-se em 22,8%. Portugal é o quinto país da UE com a maior taxa de desemprego jovem, superado apenas pela Suécia, Espanha, Grécia e Itália.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Taxa de desemprego desce para 7,3% na Zona Euro. Portugal abaixo da média europeia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião