Volotea pede até 185 milhões em ajudas ao Governo espanhol

Companhia aérea low-cost reclama um empréstimo estatal depois das perdas de 2020 e para assegurar as rotas e slots que vai ganhar da fusão entre a Air Europa e a Iberia.

A companhia aérea Volotea está a pedir até 185 milhões de euros emprestados ao Fundo de Apoio à Solvência de Empresas Estratégicas (FASEA), criado em julho do ano passado, com o objetivo de ajudar as empresas que tenham sido prejudicadas pela pandemia. De acordo com o Cinco Días (conteúdo em espanhol), a empresa liderada por Carlos Muñoz precisa ainda de financiamento devido à fusão entre a Iberia e a Air Europa.

Com 1.350 colaboradores e uma frota de 40 aeronaves, também a Volotea foi prejudicada pela pandemia. Com fortes perdas em 2020 e ainda a sofrer o impacto da atual crise aérea, a companhia low-cost quer recorrer às ajudas do Governo espanhol. Para isso, pede até 185 milhões de euros ao FASEA, gerido pela Sociedade Estatal de Participações Industriais (SEPI).

Um dos argumentos para este pedido de empréstimo tem a ver com a fusão entre a Iberia e a Air Europa, que ia permitir à Volotea receber rotas e slots. A empresa já se tinha financiado em 150 milhões de euros em julho de 2020 para assegurar essas rotas e slots, diz o jornal espanhol.

O Conselho de Gestão do FASEA vai analisar a situação económica e jurídica da Volotea, o impacto que esta sofreu com a pandemia, o plano de viabilidade e as perspetivas de negócio. O financiamento através do FASEA é uma intervenção de último recurso e acontece depois de ser comprovado que o beneficiário não pode continuar a sua atividade sem apoios públicos.

A companhia aérea afirma esperar um fim de 2021 “melhor que o esperado” e lembra que cresceu 26% desde que nasceu, em 2011. A Volotea diz ainda que não espera esgotar os 185 milhões se estes forem concedidos. Citado pelo jornal espanhol, o CEO e fundador da companhia, Carlos Muñoz, afirma que “este empréstimo participativo permitiria reequilibrar os capitais próprios e preparar a empresa para o seu crescimento saudável a longo prazo“.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Volotea pede até 185 milhões em ajudas ao Governo espanhol

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião