Programa educativo tecnológico Apps for Good chega a Angola e Timor-Leste

Nos objetivos de expansão do programa tecnológico, para além de países de língua oficial portuguesa, consta ainda o desejo de chegar a todas as comunidades portuguesas no estrangeiro.

O programa português Apps for Good chegou a Angola e a Timor-Leste. Depois do sucesso em Portugal, onde já vai na sua 8.ª edição, o programa educativo tecnológico avançou com a sua expansão internacional para replicar a utilização da tecnologia como forma de resolver problemas, através de um modelo educativo mais intuitivo, colaborativo e prático.

“É um enorme orgulho e satisfação poder levar para outros países este programa que pretende ser a ferramenta que permita capacitar os jovens e tornar o mundo em que vivemos mais sustentável. (…) Queremos continuar a impactar, a estimular e a desenvolver a capacidade criativa e empreendedora dos jovens”, afirma João Baracho, diretor executivo do CDI, citado em comunicado.

“Nos objetivos de expansão do Apps for Good, para além de países de língua oficial portuguesa, consta ainda o desejo de conseguir chegar a todas as comunidades portuguesas no estrangeiro, de forma a poder difundir a nossa cultura, apostando ainda na promoção e partilha do conhecimento global dos nossos jovens”, acrescenta.

Em Angola, o Apps for Good está a ser aplicado no Colégio S. Francisco de Assis Luanda Sul, pela segunda vez e em modo curricular, com duas turmas do 9.º ano, abrangendo 42 alunos (21 rapazes e 21 raparigas).

Já em Timor-Leste, o programa está a ser aplicado na Escola Portuguesa de Díli (Centro de Ensino e Língua Portuguesa Ruy Cinatti) por um professor que já tinha feito o Apps for Good em Portugal. É a primeira vez que o programa está a ser lecionado em Timor e em modo curricular com três turmas do 7.º ano, abrangendo um total 85 alunos (35 rapazes e 50 raparigas).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Programa educativo tecnológico Apps for Good chega a Angola e Timor-Leste

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião