Governo quer subir incentivos aos elétricos para oito milhões de euros

  • ECO
  • 20 Dezembro 2021

O Executivo tem intenção de duplicar os incentivos para a compra de veículos elétricos, numa altura em que a rede de carregamento está mais desenvolvida.

Os incentivos à compra de veículos elétricos deverão continuar a existir, pelo menos até os custos serem equiparados aos de automóveis com motores a combustão, diz o secretário de Estado da Mobilidade, numa entrevista ao Jornal de Negócios (acesso condicionado). Eduardo Pinheiro aponta que ainda não é o momento para começar a reduzir estes apoios, pelo que a intenção do Governo era de duplicá-lo em 2022, para oito milhões de euros.

Em 2021, os apoios eram de quatro milhões, valor que foi reforçado com mais 500 mil euros, e o Executivo ia apresentar uma proposta de oito milhões para 2022. A necessidade de duplicar o montante surgiu “porque o sistema de carregamento permite já que haja um maior número desses veículos nas nossas estradas”, explicou.

Apesar de o Orçamento do Estado para 2022 ter sido chumbado, o secretário de Estado diz que esta intenção é “um compromisso que existe e é para manter”. Já sobre os incentivos para este ano, Eduardo Pinheiro diz que se vão esgotar, sendo que “a procura não é exatamente a mesma para todos os veículos, mas haverá transferência de verbas de uns para os outros”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo quer subir incentivos aos elétricos para oito milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião