Ómicron já é o vírus de propagação mais rápida da história

  • ECO
  • 2 Janeiro 2022

Nova variante da Covid-19 é menos contagiosa que o sarampo, mas o tempo de contágio é muito mais rápido, afirma um médico do Hospital Geral de Massachusetts ao diário espanhol El País.

Desde que foi descoberta há pouco mais de um mês na África do Sul, a nova variante da covid-19 já se tornou dominante em boa parte dos países do mundo, incluindo Portugal, levando o número global de novos infetados para novos recordes. De acordo com um médico do Hospital Geral de Massachusetts citado pelo El País, o Ómicron é o vírus conhecido de propagação mais rápida da história.

Roby Bhattacharyya, especialista em doenças infecciosas, faz a comparação com o sarampo, o principal “adversário” da mais recente variante da covid-19. O primeiro tem uma capacidade de contágio maior: alguém com sarampo infeta, em média, 15 outras pessoas não vacinadas. No caso da Ómicron são 6 pessoas.

A chave está, segundo o médico, no tempo de incubação. Enquanto no sarampo são necessários cerca de 12 dias até que alguém infetado contagie outra pessoa com sarampo, no caso da Ómicron são quatro a cinco dias. Daí a propagação mais rápida.

Um caso de sarampo levaria a 15 casos em 12 dias. Um caso de Ómicron causaria outros seis em quatro dias, 36 casos em oito dias e 216 em 12 dias “, afirma Bhattacharyya. Ao fim de 35 dias, seriam 280 mil casos e Ómicron e 2.700 de sarampo.

O especialista do Hospital Geral de Massachusetts faz também as contas levando em consideração a elevada taxa de vacinação contra a covid-19. Mesmo assim, a nova variante propaga-se de forma muito mais rápida. “Nas condições atuais, um modelo simples de crescimento exponencial ainda mostraria 14 milhões de pessoas infectadas em 60 dias a partir de um único caso, em comparação com 760.000 com sarampo em uma população sem defesas específicas.

O El País cita também o epidemiologista William Hanage, co-diretor do Centro de Dinâmicas de Doenças Infeciosas da Universidade de Harvard, William Hanage, que afirma que a “Ómicon é, sem dúvida, o vírus que se propaga mais rapidamente de entre aqueles que podemos estudar com este nível de detalhe”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ómicron já é o vírus de propagação mais rápida da história

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião