Wall Street negoceia em alta no início da primeira sessão do ano

  • Lusa
  • 3 Janeiro 2022

No início da primeira sessão do ano, o Dow Jones subia 0,34%, o tecnológico Nasdaq avançava 0,62% e S&P 500 valorizava 0,37%.

A bolsa de Nova Iorque negociava esta segunda-feira em alta no início da primeira sessão do ano, após o Presidente dos EUA ter garantido responder “energicamente” se a Rússia invadir a Ucrânia.

Pelas 14:45 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones subia 0,34% para 36.448,63 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq avançava 0,62% para 15.739,06 pontos. Já o índice alargado S&P 500 situava-se em 4.784,70 pontos, mais 0,37%.

Na última sessão de 2021, a bolsa nova-iorquina encerrou em baixa, com o Dow Jones a cair 0,16%.

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, garantiu ao seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, que os EUA e os seus aliados “responderão energicamente” se a Rússia invadir a Ucrânia, anunciou a Casa Branca.

Por sua vez, o Presidente ucraniano, Volodymir Zelensky, saudou esta segunda, através de uma publicação na rede social Twitter, o “apoio inabalável” dos Estados Unidos à soberania e integridade territorial do seu país.

Kiev e os seus aliados ocidentais acusam Moscovo de ter concentrado dezenas de milhares de soldados junto das suas fronteiras em antecipação a uma possível invasão.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street negoceia em alta no início da primeira sessão do ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião