BCE investiga relação entre Ramalho e Vieira no Novobanco

  • ECO
  • 12 Janeiro 2022

O Banco Central Europeu está a seguir a Informação conhecida no inquérito parlamentar e no processo Cartão Vermelho sobre a relação entre o antigo presidente do Benfica e o Novobanco.

Dados conhecidos recentemente sobre a relação entre António Ramalho e Luís Filipe Vieira, nomeadamente as escutas ao antigo presidente do Benfica, estão a ser seguidos pelo Banco Central Europeu (BCE), que está, “neste momento, a investigar a matéria”, avança o Público (acesso condicionado).

Com a informação revelada também na Comissão Parlamentar de Inquérito ao Novo Banco, o Banco de Portugal tinha já remetido para o BCE uma eventual avaliação da idoneidade de Ramalho, por ser a “autoridade de supervisão prudencial competente”, como justificaram em declarações ao diário.

A investigação do BCE surge assim depois de serem publicadas escutas telefónicas, realizadas pelo Ministério Público e pela Autoridade Tributária, no quadro da Operação Cartão Vermelho, que indicavam que a gestão do Novobanco vendeu ativos a desconto aos próprios devedores incumpridores, bem como negócios opacos entre o banco e o universo do ex-presidente do Benfica.

Numa escuta deste processo, revelada esta quarta-feira pelo Correio da Manhã (acesso pago), Luís Filipe Vieira terá pressionado Álvaro Neves, então diretor do Novobanco, a trabalhar em benefício dos seus interesses, de José António Santos, empresário conhecido como ‘Rei dos Frangos’, e de Avelino Carvalho, parceiro de negócios de ambos.

Álvaro Neves terá recebido 50 mil euros por estes serviços, através de uma fatura emitida pela mulher em nome da Palpites & Teorias, empresa detida pelo Rei dos Frangos e por Sara Vieira, filha de Luís Filipe Vieira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCE investiga relação entre Ramalho e Vieira no Novobanco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião