Novobanco dá mais um passo para arrestar casa e ações de Luís Filipe Vieira

Foi publicado no Portal Citius um pedido de execução de ações do Benfica e da casa de família de Luís Filipe Vieira, ex-presidente do Benfica.

Foi em setembro que o Novobanco pediu à Justiça que arrestasse as ações da Benfica SAD detidas por Luís Filipe Vieira e ainda a casa da família Vieira, na margem sul do Tejo.

Este pedido de arresto foi pedido por conta de dívidas de Luís Filipe Vieira e da empresa Promovalor ao Novobanco. O pedido de arresto tinha sido noticiado em setembro pelo Correio da Manhã.

Estas dívidas, no valor de 7,6 milhões de euros, eram as únicas que tinham o aval pessoal de Luís Filipe Vieira, daí o banco ter decidido pedir o arresto desses bens.

De acordo com uma nota publicada no Portal Citius, quem executa é o Novobanco e são quatro os executados: a sociedade Promovalor II, Luís Filipe Vieira, a mulher Vanda Ribeiro Vieira e ainda Manuel de Sousa Duarte.

Segundo explicou ao ECO uma fonte próxima deste processo, o Novobanco tem desde setembro um arresto decretado sobre as ações e o imóvel da família Vieira, sendo que nesta altura o ainda se aguarda a audição de testemunhas.

O que aconteceu agora, de acordo com a mesma fonte, é que deu entrada a execução “com base numa livrança (que é a acção principal da providência cautelar),” em que o banco nomeou à penhora as ações e o imóvel.

Este pedido de arresto do Novobanco seguiu-se ao anúncio feito no início de setembro por Luís Filipe Vieira que se preparava para vender as suas ações do Benfica, provavelmente ao investidor norte-americano John Textor.

O ex-presidente do Benfica é dono de 3,28% do capital da SAD do Benfica. Com as ações arrestadas, já não poderá alienar a sua posição.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novobanco dá mais um passo para arrestar casa e ações de Luís Filipe Vieira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião