Eco do Dinheiro. Portugal pagou caro para se financiar a 20 anos?

  • ECO
  • 13 Janeiro 2022

O Tesouro foi ao mercado para obter um financiamento de 3 mil milhões e vai ficar a pagar um juro de 1,2% nos próximos 20 anos. Foi uma boa operação para o bolso dos contribuintes?

  • Portugal pagou caro para se financiar a 20 anos?

O Tesouro foi esta semana ao mercado para conseguir um financiamento de 3 mil milhões de euros para o Estado, que só será reembolsado daqui a 20 anos. A operação teve uma elevada procura dos investidores, com ordens acima dos 20 mil milhões, mas Portugal vai pagar um juro anual de 1,2%.

Quanto mais alta a taxa, mais cara sai ao Estado e aos contribuintes, pesando nos impostos. Será o caso desta emissão?

Se o prazo fosse 10 anos e não 20, a taxa seria muito mais baixa, a rondar os 0,56%. Só que com esta operação, o Tesouro consegue aproveitar as taxas historicamente baixas para se financiar a longo prazo.

O juro de 1,2% pago na emissão desta semana, fica acima do custo da dívida pública emitida em 2020, que foi de 0,5%, mas muito abaixo do custo médio de 2,2% de todo o stock de dívida.

Uma coisa é certa, os juros exigidos a Portugal já atingiram o ponto mais baixo e vão continuar a subir progressivamente.

Para que a dívida pública, que fechou 2021 em 127% do PIB, não volte a tornar-se um fardo incomportável para os contribuintes, é preciso que baixe de forma significa nos próximos anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Eco do Dinheiro. Portugal pagou caro para se financiar a 20 anos?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião