Empresas investiram mais de 10 milhões de euros em benefícios flexíveis através da Coverflex

No ano passado, 27 mil colaboradores, de 1.400 empresas, fizeram mais de 270 mil transações com o cartão Coverflex.

As empresas em Portugal investiram 11 milhões de euros em benefícios flexíveis para os seus colaboradores através da Coverflex, no ano passado. A solução de compensação flexível permitiu a cerca de 27 mil colaboradores, de 1.400 empresas, fazerem mais de 270 mil transações com o cartão Coverflex. Os produtos de poupança e reforma foram os que mais pesam nesse investimento.

Os produtos de poupança e reforma foram aqueles que mais investimento retiveram com benefícios flexíveis (41,4%), liderando a lista de gastos realizados pelos utilizadores da plataforma entre janeiro e dezembro de 2021″, lê-se em comunicado.

“Lançada em janeiro de 2021, a plataforma da Coverflex disponibiliza atualmente 18 benefícios diferentes, entre os quais se encontram produtos de poupança e reforma, vales infância e despesas com educação, entre outros”, detalha a plataforma de benefícios flexíveis.

Em Portugal, seis em cada dez pessoas têm acesso a benefícios flexíveis, uma componente de remuneração extra salário, revelou o inquérito “O estado da compensação 2021-22 – Um estudo sobre o futuro do trabalho e o trabalho do futuro”, elaborado pela Coverflex.

Além disso, se tivessem a possibilidade de escolher entre um salário bruto de 25.000 euros anuais ou um salário bruto de 21.000 euros anuais mais 5.000 euros em benefícios flexíveis (valores que representam o mesmo custo aproximado para a empresa no que respeita à despesa com o colaborador), 55,7% dos participantes optaria pela modalidade de salário e benefícios. Apenas 10% dos participantes admitem não ver vantagens associadas a uma política de benefícios flexível.

Depois de anunciar uma ronda pre-seed no valor de cinco milhões de euros, a empresa que permite às empresas reduzir os custos e maximizar o potencial de rendimento dos seus colaboradores anunciou as aquisições da FlexBen, da eCheque e da solução de benefícios da startup de recursos humanos Colmenahr.com.

As três aquisições amplificaram a posição da Coverflex no mercado português e ampliaram o número de utilizadores da plataforma de benefícios flexíveis e a dimensão da rede de operadores de cuidados de crianças (creches), um dos pilares fundamentais de crescimento da empresa em matéria de benefícios flexíveis.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Empresas investiram mais de 10 milhões de euros em benefícios flexíveis através da Coverflex

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião