Dupla vacina para gripe e Covid chega até final de 2023

Dupla vacina para a gripe deverá chegar, no “melhor caso possível”, pelo outono de 2023, a tempo das infeções de inverno, mas tal não acontecerá em todos países, avisa presidente executivo da Moderna.

A Moderna pretende lançar uma vacina única de reforço para a gripe e Covid-19 até 2023, anunciou esta terça-feira o presidente executivo da farmacêutica, avançou o The Guardian (acesso gratuito, e conteúdo em inglês).

“O nosso objetivo é ter um único reforço anual para que não tenhamos problemas de conformidade em que as pessoas não queiram tomar duas ou três doses por inverno”, disse Stéphane Bancel. No “melhor caso possível” a vacina combinada estará disponível no outono de 2023, embora Bancel considere que tal “não acontecerá em todos os países”, acrescentou o presidente executivo no encontro anual do Fórum Económico Mundial, através de uma intervenção via streaming.

O anúncio da nova vacina única combinada foi feito em par com a divulgação da nova vacina contra a variante Ómicron. Bancel referiu que o desenvolvimento desta nova vacina está quase terminado, entrando em breve para testagem clínica. A farmacêutica norte-americana está a projetar para março a data em que poderá partilhar os seus dados com as entidades reguladoras.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dupla vacina para gripe e Covid chega até final de 2023

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião