Grupo EDP desce e dita queda de 1% do PSI-20

Não há cotadas a subir no início da sessão desta sexta-feira. Pintado de vermelho, o PSI-20 está a cair mais de 1%, após ter registado duas subidas consecutivas.

O PSI-20 abriu esta sexta-feira com uma queda de 1,18%, para 5.597,27 pontos, acompanhando a tendência negativa dos mercados financeiros a nível internacional. A pressionar Lisboa estão principalmente as desvalorizações das cotadas do grupo EDP.

Com as ações asiáticas a cair durante a madrugada, a Europa acordou também pintada de vermelho. O Stoxx 600, o índice que agrega as 600 principais cotadas, desvaloriza 1,4%. O alemão DAX cede 1,3%, o francês CAC-40 desvaloriza 1,4%, o espanhol IBEX-35 cai 1,4% e o britânico FTSE encolhe 1,2%.

Em Lisboa, apenas três cotadas estão inalteradas, sendo que as restantes abriram em terreno negativo. As maiores quedas são protagonizadas pelo grupo EDP: a EDP Renováveis cede 2,38%, para 19,7 euros, e a EDP desvaloriza 1,79%, para 4,55 euros.

Mas há mais cotadas com quedas superiores a 1%: a Altri desce 1,72%, para 5,72 euros; a Navigator desvaloriza 1,36%, para 3,33 euros; a Nos cede 1,2%, para 3,46 euros; e os CTT deslizam 1,17%, para 4,23 euros.

A Novabase, a Ibersol e a Ramada são as três cotadas inalteradas neste início de sessão.

A nível internacional, os investidores lidam com vários fatores como a redução dos estímulos por parte da Fed e a aceleração da taxa de inflação, assim como o risco de um conflito armado na Ucrânia. Porém, nesta altura o que pesará mais são os resultados das cotadas, principalmente da Netflix que afundou após ter desiludido os investidores sobre as perspetivas para novos clientes.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Grupo EDP desce e dita queda de 1% do PSI-20

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião