Efacec ganha contrato de 30 milhões para modernizar rede de transmissão de energia espanhola

  • Joana Abrantes Gomes
  • 25 Janeiro 2022

A Red Eléctrica de España (REE) escolheu a Efacec para modernizar a rede de transmissão de energia espanhola, tendo celebrado contratos de mais de 30 milhões de euros até 2024.

A Red Eléctrica de España (REE), a empresa que faz a gestão da rede energética em Espanha, escolheu a Efacec para modernizar a rede de transmissão de energia. Os contratos entre as duas empresas, num valor superior a 30 milhões de euros, incluem o fornecimento até 2024 de mais de 20 transformadores de potência para subestações da rede de transmissão de 400 quilovolts (kV) em Espanha Peninsular e na rede de 245 kV nas Ilhas Canárias.

Em comunicado, a Efacec afirma que “este fornecimento será efetuado até 2024 ao abrigo de contratos estabelecidos no último semestre, no valor de mais de 30 milhões de euros”. Estes projetos reforçam a presença da empresa portuguesa no mercado espanhol, onde já está presente há quase 30 anos, com mais de 25.000 MVA de transformadores em funcionamento em diversos serviços de utilidade pública.

Além disso, os contratos “renovam a confiança da REE”, dedica-se à transmissão de eletricidade, com uma rede de alta tensão de mais de 44.500 quilómetros e 700 subestações, “nas competências técnicas da Efacec, particularmente na tecnologia de transformadores Shell”, acrescenta a empresa portuguesa no comunicado.

Citado no mesmo comunicado, o administrador executivo, com o pelouro comercial da Efacec, Michael Silva, afirma que estes contratos “consolidam e reforçam” a estreita colaboração da empresa com o mercado espanhol, “em particular, com o Operador Espanhol de Transmissão e Sistema”. “É com grande satisfação que estamos a desenvolver este projeto que atesta a confiança da Red Eléctrica de España na Efacec e na excelência das nossas soluções técnicas”, acrescenta.

Este é mais um contrato que a Efacec conseguiu assegurar num momento de forte incerteza e perturbações. A empresa arrancou o ano praticamente parada, como avançou o Público, apesar de ter assegurado um empréstimo de 45 milhões de euros, com garantias de Estado. As expectativas estavam voltadas para a conclusão do processo de reprivatização da empresa. O primeiro-ministro, em entrevista ao Observador, anunciou que a proposta da DST, a única que estava sobre a mesa, era inaceitável, confirmando assim a notícia do ECO, de que o Executivo optou por deixar cair, para já, a venda da empresa. No entanto, esta segunda-feira, o ministro da Economia, citado pelo Jornal Económico, garantiu que as negociações prosseguem e que “ainda não foi tomada qualquer decisão”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Efacec ganha contrato de 30 milhões para modernizar rede de transmissão de energia espanhola

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião