Volatilidade continua, mas Wall Street fecha em queda

O dia terminou em terreno negativo para os principais índices de Wall Street, na véspera do final da reunião da Fed.

Terminou mais um dia de “montanha russa” em Wall Street. Tal como na sessão anterior, os principais índices norte-americanos arrancaram em queda, devido a preocupações com as tensões na Ucrânia e a antecipação das decisões da Fed, mas a volatilidade continuou também, com altos e baixos, para acabar em terreno negativo.

“A incerteza é o que está por detrás de tudo”, apontou Robert Pavlik, da Dakota Wealth em Fairfield, citado pela Reuters. “Nessa incerteza, o mercado torna-se um rebanho (de) ovelhas. Vender gera mais vendas, e é impulsionado pela Fed, inflação e tensões geopolíticas”, explica.

O S&P 500 caiu 1,23% para 4.356,08 pontos, enquanto o industrial Dow Jones perdeu 0,16% para 34.310,19 pontos. Já o tecnológico Nasdaq recuou 2,26% para 13.543,78 pontos.

As ações de tecnologia estiveram entre as principais quedas, com a perspetiva de taxas de juro crescentes. Destaque para a Nvidia, que caiu 5,35% para os 366,42 dólares, e para a Microsoft, que perdeu 2,66% para os 288,49 dólares, antes de revelar resultados após o fecho dos mercados.

Nota ainda para a General Electric, que caiu 5,98% para os 91,11 dólares, depois de superar as expectativas de lucros trimestrais, mas não atingir as estimativas de receita.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Volatilidade continua, mas Wall Street fecha em queda

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião