Espanha vai ajudar empresas a implementar semana de quatro dias. Apoio será lançado até julho

O orçamento para esta medida, que surge na sequência do projeto-piloto acordado entre o Governo espanhol e o Más País, é de dez milhões de euros.

O ministério da Indústria, Comércio e Turismo vai lançar, ainda antes do final do primeiro semestre do ano, o programa de ajudas financeiras para as empresas que decidam implementar a jornada laboral de quatro dias, passando de 40 horas semanais a 32 horas. O orçamento para esta medida, que surge na sequência do projeto-piloto acordado entre o Governo espanhol e o Más País, é de dez milhões de euros.

“O projeto concederá ajudas públicas, em regime de concorrência competitiva, para as empresas que voluntariamente apresentem um plano para reduzir a jornada laboral dos seus trabalhadores e oferecerá subvenções para a inovação de processos produtivos, novas contratações e recursos formativos”, segundo explica o El Diario (acesso livre, conteúdo em espanhol).

O Orçamento de Estado para 2022 do Governo espanhol destina um montante de dez milhões de euros para o financiamento deste projeto-piloto. De acordo com os cálculos do Más País, cerca de 160 companhias poderão beneficiar dos incentivos, o que significará mais de 3.000 funcionários abrangidos pela primeira edição do programa.

Um dos principais objetivos do projeto-piloto que começa em Espanha é avaliar as necessidades do tecido empresarial, que a nível de recursos humanos, de serviços de consultoria ou de mesmo planificação de atividades e tarefas.

Desta forma, Espanha vai experimentar a redução da semana de trabalho, uma medida que, segundo defende o Más País, será capaz de melhorar níveis de produtividade do país.

Islândia, Reino Unido ou Bélgica são alguns dos países que estão ou já levaram a cabo pilotos da semana de quatro dias. Em Portugal, algumas empresas já realizarem pilotos — a unicórnio Feedzai decidiu implementar todos os anos em agosto este modelo de trabalho — e o PS, durante a campanha eleitoral para as legislativas, admitiu querer levar à discussão com os parceiros sociais esta medida caso fosse Governo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Espanha vai ajudar empresas a implementar semana de quatro dias. Apoio será lançado até julho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião